Descubra como manter-se saudável no dia a dia no consultório, com o fisioterapeuta Renato Murayama

O profissional dependerá de uma boa ergonomia de trabalho para manter-se saudável, produtivo e focado no dia a dia de trabalho. Para saber como fazer isso a CliniClick convidou o fisioterapeuta Renato Murayama para falar sobre esse tema.

O ambiente de trabalho deve ser adaptado às suas necessidades físicas e pessoais, tais como: Ruídos ou som, iluminação, temperatura/clima, pausas, cadeira e mesa adequadas a sua altura. Tais medidas bem adequadas fazem total diferença para o trabalhador sentir-se bem enquanto produz. 

Em relação a cadeira, é necessário apoiar os pés no chão e manter o monitor na altura dos olhos, para evitar dores no pescoço. Com os pés apoiados, as pernas ficam na posição de 90 graus e você se mantém mais confortável do ponto de vista postural. Os cotovelos também devem ser apoiados no apoio de braço da cadeira (ou na mesa) com o mesmo ângulo de 90 graus. Dessa forma, é possível alinhar coluna e cabeça com mais facilidade. 

Uma dica é beber água ao longo do dia longe da sua mesa (na cozinha, por exemplo), para que você dê intervalos com caminhadas curtas ao longo da jornada de trabalho. Dessa forma, você estica a coluna, aquece e reduz a tensão dos músculos. 

Se você sente muito desconforto na coluna por permanecer muito tempo parado/sentado, experimente trabalhar alguns minutos em pé (com todas as adequações necessárias) e depois retomar sentado. Assim você altera as cargas mecânicas na coluna lombar e cervical. 

As pausas do trabalho são fundamentais para manter a ergonomia e a saúde no consultório. É importante que você se levante a cada duas horas trabalhadas – para quem não tem dor/desconforto –  e a cada uma hora – para quem tem queixas dolorosas. E a partir daí, realize alguns movimentos corporais em pé, tais como: 

1) Curvar-se para frente em direção ao chão 10 vezes 

2) Girar a coluna para esquerda e direita 10 vezes 

3) Caminhar por dois minutos

A produtividade é importante para o funcionário e o empregador – e parte dela vem da boa ergonomia. Sem ela, você alimenta mais estresse físico e mental, além da falta de foco e concentração.

Além de ser prejudicial para a nossa saúde cardiovascular permanecer parado por muitas horas, nossa coluna vertebral pode sentir dor e tensão, o que diminuirá a capacidade profissional. 

Seja ativo fisicamente nas horas vagas. Seja ativo a cada duas horas trabalhadas! 

Dr Renato Murayama – Fisioterapeuta 

Especialista em Ortopedia, Dor e Esporte 

Clínica ITC Vertebral – Perdizes 

Crefito3 187412F

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui