CliniClick e as arquitetas Carol Shiroma e Luiza Montemór te contam como dar um toque verde no seu local de trabalho.

Bem-estar e tranquilidade são características importantes em um consultório e decorar com plantas pode ajudar a criar esse clima acolhedor e de paz. As arquitetas Carol Shiroma e Luiza Montemór, da Shiroma e Montemór (Colab Decor) selecionaram algumas dicas de como dar um toque verde na decoração do seu consultório de forma prática e certeira.

Trazer a natureza para dentro dos nossos ambientes urbanos é sempre um bom recurso para criar uma decoração com um clima amistoso e tranquilo. No início do ano foi publicado um estudo de uma Universidade de Hyogo do Japão, que testou os efeitos de ter plantas no espaço de trabalho e os pesquisadores afirmam que ajuda a diminuir o estresse psicológico e fisiológico, ou seja, além de criar um ambiente acolhedor para seus pacientes, também ajuda no seu dia-a-dia e de quem mais trabalhar neste espaço.

Além do bem-estar as plantas também dão um toque especial na decoração, ter alguma espécie na recepção dando boas-vindas aos seus pacientes é uma boa pedida, também podem ficar bacana na sala de atendimento, alguma espécie menor com folhagem caída fica um charme em estantes e prateleiras. Se conseguir posicionar próximo de alguma entrada de luz natural as plantinhas agradecem, mas existem espécies que vão bem em ambientes com pouca luz natural.

“Falando em espécies, o ideal é escolher plantas que vão bem em ambientes com pouca luz, em geral são bem resistentes e não requerem muita manutenção”, afirma as arquitetas.

Carol e Luiza, selecionaram as 5 plantas preferidas delas para se ter em consultórios:

1) Lírio-da-Paz

O lírio é um clássico das plantas para ambientes internos, ainda tem um plus pela fama de trazer harmonia aos ambientes. Resistente, floresce o ano todo, o que não é muito comum para espécies que se dão bem com pouca luz, precisa de rega mais constante.

Foto por: Unsplash- Max Williams

 

2) Chamaedorea

Essa mini palmeira com folhagem exuberante, não exige muita manutenção e se adapta bem em ambientes com ar condicionado. 

“Tenho uma dessa em casa e garanto que a manutenção é fácil e a beleza da planta vale a pena. Boa opção para posicionar próxima a uma janela”, aconselha Luisa Montemór.

Foto: Unsplash- Vadim Kaipov

3) Zamioculca

Essa á uma planta super resistente, vai bem com pouca luz. Não gosta do solo muito úmido, espécie ideal para ambientes sem janela, como halls e recepções.

Foto por: Unsplash- Sara Lara

4) Espada de São Jorge

Essa planta é outra bem resistente, que se adapta a diferentes condições de iluminação. Conhecida por ser uma planta que filtra energias negativas, também tem a capacidade de purificar o ar contaminado por alguns gases e poluentes. A sua folhagem não ocupa muito espaço além do diâmetro do vaso e pode ser uma boa opção para quem tem pouco espaço.

Foto por: Unsplash- Christin Hume

5) Jibóia

Essa espécie fica ótima em prateleiras ou suportes com sua folhagem caída. Também tem fama de ser resistente e vai bem a meia sombra e sol pleno, e assim como a Espada de São Jorge é conhecida por purificar o ar contaminado por alguns gases e poluentes. 

                  

Foto por: Unsplash- Samule Sun

Conseguiu decidir se está na hora de trazer um verdinho para seu consultório?

Com todos esses benefícios com certeza seu espaço vai ficar mais aconchegante e agradável. Com essas dicas vai ser fácil e prático manter as plantinhas em dia.

Fontes:

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/01/20/ter-plantas-no-ambiente-de-trabalho-pode-reduzir-estresse-afirma-estudo.htm
https://selvvva.com/blogs/estufa/plantas-de-luz-difusa

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui